Pinhalzinho

26º

19º

Maravilha

26º

18º

São Miguel do Oeste

26º

18º

Chapecó

22º

17º

Micropigmentação de sobrancelhas

As sobrancelhas são traços fundamentais na face, e seu design pode representar muito bem a expressão que queremos para nosso rosto, deixando o olhar mais altivo, suavizado ou até caído. A modelagem vai muito além de tirar alguns pelinhos que sobram ali, as técnicas evoluíram e hoje oferecem condições para que qualquer pessoa tenha uma sobrancelha perfeita, é claro respeitando sempre os traços naturais do rosto.


Uma técnica atual e que vem conquistando muitas mulheres é a micropigmentação, com desenho fio a fio, que respeita o desenho natural, fazendo apenas um preenchimento harmonioso. A tecnóloga em estética e cosméticos, Suelen Cuochinski, atende em Pinhalzinho, e trabalha com micropigmentação de sobrancelhas há cerca de um ano.


Suelen destaca que esta técnica veio para delinear as sobrancelhas de uma forma mais natural. A micropigmentação é feita com a máquina dermógrafo, com uma micro-agulha que faz o pigmento na pele simulando um fio. Suelen explica que o trabalho é feito em duas sessões, sendo que a segunda é realizada em aproximadamente 40 dias.


Já o retoque deve ser feito num período entre oito meses a um ano, já que o pigmento vai clareando. Conforme Suelen a duração do pigmento é variável, mudando por exemplo, conforme a oleosidade de cada pele. Durante a sessão, a profissional aplica um anestésico tópico. Ela explica que o procedimento não é dolorido, mas causa um certo desconforto, que também pode variar de pessoa para pessoa.


Antes de iniciar a pigmentação, Suelen trabalha o desenho da sobrancelha, modelando conforme traços naturais do olhar e do rosto num todo. O trabalho final é concluído em aproximadamente duas horas, e o custo pode ser considerado acessível, já que tem uma durabilidade bem maior que outros métodos de design de sobrancelhas. O número de adeptas a micropigmentação vem crescendo bastante, e o resultado também está agradando muitos clientes.

 

Texto e Foto: Carine Arenhardt