Pinhalzinho

23º

15º

Maravilha

21º

16º

São Miguel do Oeste

21º

16º

Chapecó

22º

16º

Tecnopuc oferecerá programação especial e visitas guiadas para os participantes do FISL17

TECNOPUC oferecerá uma programação especial de Visitas Guiadas durante o dias do Fórum Internacional de Software Livre (FISL), que acontece de 13 a 16 de julho, no Centro de Eventos da PUCRS. Durante a visita, os inscritos poderão conhecer a estrutura e trajetória do Parque, que é referência no Brasil e na América Latina, além de interagir com quem vivencia este ambiente diariamente.

O Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) estimula a pesquisa e a inovação por meio de uma ação simultânea entre academia, instituições privadas e governo. Empresas de diferentes portes, entidades e centros de pesquisa da própria Instituição estão sediados nos dois sites: em Porto Alegre e em Viamão, ambos no Estado do Rio Grande do Sul - Brasil. Atualmente, o Tecnopuc abriga 120 organizações, somando mais de 6,3 mil postos de trabalho.

Em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, a área do Tecnopuc é de 11,5 hectares e mais de 50 mil metros² de área construída está integrada ao Campus Central da PUCRS, que tem mais de 70 ha de área total. A Universidade acolhe mais de 30 mil estudantes, 2 mil professores e 5 mil funcionários. Situa-se em local privilegiado da capital do Estado do Rio Grande do Sul, em uma área central, ficando distante cerca de, no máximo, 20 minutos dos principais pontos da cidade.

Área de Atuação

O TECNOPUC é um Parque Científico e Tecnológico multissetorial, focado em quatro áreas:

  • Tecnologia da Informação e Comunicação;
  • Energia e Meio Ambiente;
  • Ciências da Vida;
  • Indústria Criativa.

Estas áreas temáticas foram definidas a partir da competência acadêmica da Universidade, envolvendo grupos de pesquisa científica e tecnológica e cursos de pós-graduação (mestrado e doutorado), associada à existência de demanda da sociedade.

A área de pesquisa científica e tecnológica é um dos destaques da PUCRS. Coroando os esforços da Reitoria da Universidade na capacitação docente e no aparelhamento de seus laboratórios de P,D&I, em 2002 a PUCRS passou a liderar, de acordo com dados do CNPq, o ranking nacional dos grupos de pesquisa nas instituições particulares, entre 268 instituições avaliadas.

O Tecnopuc no contexto dos Parques Tecnológicos

Os movimentos, em nível nacional e internacional, de criação de parques tecnológicos são crescentes. No Brasil existem vários exemplos de iniciativas dessa natureza. Um parque tecnológico compreende uma área física delimitada, convenientemente urbanizada, destinada às empresas intensivas em tecnologia, que se estabelecem próximas às universidades, com o objetivo de aproveitarem a capacidade científica e técnica dos pesquisadores e seus laboratórios.

Para as universidades, os Parques representam a oportunidade de obtenção de financiamento, melhorias, feedback das empresas e um campo de atuação para os pesquisadores. (Solleiro, 1993).

A PUCRS sempre se preocupou em responder a esses novos desafios. Há mais de duas décadas mantém investimentos sistemáticos no programa de qualificação e titulação de seu corpo docente, atingindo os níveis das melhores universidades do País. Paralelamente, desenvolve um ambiente com infraestrutura física invejável para o ensino, a pesquisa, e a realização de eventos.

Em outubro de 1999 a Universidade criou a Agência de Gestão Tecnológica e Propriedade Intelectual (AGT), com o objetivo de tornar-se o mecanismo institucional a coordenar a interação entre os meios acadêmico, empresarial e governamental. Com o passar dos anos, ampliou significativamente as parcerias com empresas e entidades representativas dos diversos segmentos.

Desde a sua criação, a AGT manteve a característica de incentivar e auxiliar no desenvolvimento de cada etapa dos convênios, sendo o embrião de ícones da Universidade, como o Tecnopuc e a Incubadora Raiar. O Escritório de Transferência de Tecnologia, também oriundo da Agência, faz parte da mesa de negociação de todos os novos projetos, avaliando o potencial de proteção e de transferência das inovações.

Gostou? Então anote os horários de visitação:

13/07 - das 15h às 16h

14/07 - das 10h às 11h

15/07 - 10h às 11h e das 15h às 16h

Agende sua visita ao TECNOPUC AQUI.

 

Fonte: Assesoria de Imprensa FISL17