Pinhalzinho

19º

Maravilha

19º

São Miguel do Oeste

19º

Chapecó

18º

SmartTV ou Chromecast, o que vale mais a pena?

Para quem ainda não conhece, o Chromecast mais parece um pen drive grandão – é a solução desenvolvida pelo Google há algum tempo para conectar sua TV; com ele é possível, além de levar internet para a telona, aproveitar tudo o que os serviços de streaming oferecem, como o Netflix, por exemplo.

 


No Brasil, um Chromecast custa algo em torno de 200 reais. Já uma Smart TV que já é uma TV com conexão “de fábrica” custa a partir de 1300 reais. Agora, o que vale mais a pena? Trocar sua TV ou comprar um Chromecast?
Os sistemas operacionais das TVs conectadas vêm se tornando cada vez melhores e mais práticos. Ainda assim, para usá-los é preciso passar por alguma configuração e aprender a lidar com o sistema. Já o Chromecast recebe apenas comandos do seu smartphone, praticamente aposentando o controle remoto. Por outro lado, com uma TV já conectada e com aplicativos, você não vai precisar ter o celular sempre ao lado para assistir qualquer coisa online.

 


O Chromecast tambem transmite as fotos de seu smartphone na TV ou ainda acessar algum site pelo celular e espelhar o conteúdo numa tela maior. Já os navegadores nativos das Smart TVs quando existem costumam ser bem ruinzinhos. Alguns modelos mais novos de Smart TV já permitem que você jogue o conteúdo do celular na telona, mas não são todos.

 


No final das contas, se você ainda não tem uma TV conectada e não quer ficar de fora dos últimos acontecimentos das séries mais faladas do mundo e tudo mais que uma TV inteligente oferece, comprar um Chromecast vai dar uma sobrevida interessante ao seu aparelho. Agora, se o que você deseja, além de uma TV conectada, é uma tela maior ou uma nova tecnologia, como as telas de OLED, por exemplo vale a pena trocar de TV, afinal a qualidade e resolução do OLED são muito superiores às das TVs de LED ou LCD.

 


Antes de bater o martelo entre gastar 200 reais ou mil reais a mais, coloque na ponta do lápis, vale a pena fazer as contas e comparar na hora de comprar. Importante é não ficar desconectado e perder tudo o que mundo streaming oferece na comodidade do seu sofá... Afinal, a TV do futuro não vai mais se organizar em torno de canais ou emissoras e, sim, em torno dos aplicativos. Entre na onda.