Pinhalzinho

23º

15º

Maravilha

21º

16º

São Miguel do Oeste

21º

16º

Chapecó

22º

16º

Google pode pagar 100 mil dólares a quem ‘hackar’ o Chromebook ou a Chromebox

A Google é conhecida por pagar elevadas quantias de dinheiro a quem quebrar os seus mecanismos de segurança. A caça ao ‘bug’ conhece um novo episódio, tendo a companhia dobrado a recompensa que anteriormente era de 50 mil dólares.

Este bónus está disponível a qualquer um que crie um ‘hack’ recorrente para aplicar num portátil Chromebook ou numa box multimédia Chromebox que funcione em modo convidado, significando que a máquina foi reiniciada.

O modo de convidado é desenhado para separar os dados de utilizador da máquina com os de outra pessoa que o utilize e abandone a sessão. As preocupações da Google centram-se assim em oferecer produtos intocáveis em termos de segurança.

No passado ano de 2015 a Google distribuiu mais de 2 milhões de dólares a hacker depois de ter lançado desafios idênticos. Até ao momento nenhum pirata informático respondeu ao repto do Programa de Recompensas Chrome que incide com ações de pirataria persistentes e remotas.

Este programa não tem qualquer limite de submissões que se possam fazer, podendo as condições completas ser consultadas aqui.

As instabilidades mais fáceis de encontrar apenas recebem 500 dólares.

Fonte: ZDNet