Pinhalzinho

27º

17º

Maravilha

24º

17º

São Miguel do Oeste

24º

17º

Chapecó

25º

17º

A tecnologia a favor da saúde

Quem em algum momento da vida já não sentiu dor? Algumas tomam conta do nosso corpo por um bom tempo, e simplesmente não sabemos o que fazer para aquela dor chata ir embora. Você já foi ao médico, tomou medicamentos e até já fez algumas sessões de fisioterapia mais a dor insiste em te perseguir. Saiba que você pode ser uma vítima do seu próprio cérebro e ter adquirido a “memória dolorida”.
Segundo o fisioterapeuta Ricardo Lazarotto, “ A memória dolorida é um processo de adaptação a dor, ou seja, o paciente passou tanto tempo sentindo dor que o cérebro acabou se viciando neste clico de dor.  Quando o paciente tem dor de certa maneira, os nervos levam essa sensação para o cérebro interpretar, o mesmo interpreta essa dor e manda o estimulo de volta, mas muitas vezes o cérebro esquece, já está tão acostumado com este ciclo que acaba repetindo o processo, mesmo depois do paciente já ter melhorado, aí a dor persiste. ” A área do cérebro responsável por interpretar estes estímulos atende pelo nome de córtex cerebral somatosensitivo.
O córtex cerebral controla o que chamamos funções nervosas elaboradas e é agrupado em áreas com funções diferentes, principalmente sensoriais, motoras e de associação. O córtex cerebral está envolto em várias funções cognitivas, incluindo, entre outras, o tato, a linguagem, as ações voluntárias de habilidades motoras e de memória.

Equipamento de estimulação transcranianapor corrente contínua
Para fazer com que o cérebro esqueça as memórias doloridas, especialistas vem estudando e fazendo pesquisas sobre o equipamento de estimulação transcraniana.
O equipamento funciona da seguinte maneira, Estimulação Elétrica Transcraniana (tDCS) consiste na aplicação não invasiva de corrente elétrica contínua de baixa intensidade sobre a cabeça capaz de gerar mudanças na excitabilidade cerebral. A técnica pode aumentar ou reduzir a atividade cerebral dependendo do local e posicionamento dos eletrodos na cabeça, que por sua vez dependerá da doença do paciente.
Conforme Lazarotto “ Esses estímulos elétricos são recebidos e interpretados diretamente no córtex cerebral, e tem o função principal de auxiliar o cérebro a retornar ao seu funcionamento normal, livrando-se de memórias ou vícios existentes das doenças que acometem esse órgão.

Tratamento em Pinhalzinho
FisioCorpus de Pinhalzinho, adquiriu o equipamento que atende pelo nome de DC Estimulador. O equipamento é importado da Alemanha e é pura tecnologia além de promete ajudar a tratar pacientes com fibromialgia, depressão, dor, sequela de AVC, déficit de atenção, ansiedade entre outras doenças que afetam o cérebro. Segundo Ricardo “O tratamento costuma a ser de 20 sessões com duração de 20 a 30 minutos cada” afirma.