Pinhalzinho

28º

18º

Maravilha

27º

18º

São Miguel do Oeste

27º

18º

Chapecó

27º

17º

Thor - O Mundo Sombrio

Há tempos as histórias de super-heróis deixaram de ser “coisa de criança”. Aliás, filmes assim são negócios “de gente grande”.

 

O filme “Thor” (2011), por exemplo, arrecadou aproximadamente 1 bilhão de reais. Sua sequência, “Thor – O Mundo Sombrio” promete ainda mais, já que, em pouco tempo, atingiu a marca de quase 760 milhões de reais em ingresso vendidos em todo o mundo. Bem, o que tem o filme de tão atrativo?

 

Em “Thor – O Mundo Sombrio”, a mistura de ação, drama, humor, ficção e até uma pitada de romance é o que atrai o público de todas as idades. Como continuação do primeiro filme e do filme “Os Vingadores”, Loki (Tom Hiddleston) permanece preso no reino de Asgard, que comemora a pacificação dos Nove Reinos, graças ao esforço do irmão de Loki, Thor (Chris Hemsworth).

 

No entanto, quando chega a hora de coroar Thor, enfim merecedor do trono, eis que ressurge uma ameaça: Malekith, o Maldito (Christopher Eccleston), rei dos Elfos Negros, volta para vingar a raça que havia sido derrotada pelos ancestrais de Thor.

 

Assim, o diretor Alan Taylor cria mais aventuras para o poderoso filho de Odin. É visível a preocupação que o diretor tem com a questão política, quando destaca a grande responsabilidade que é se tornar um líder.

 

Parece fácil, mas na prática é diferente. No primeiro filme, Thor precisou aprender, antes de tudo, a ser humilde. Agora, Thor precisa usar suas habilidades para unir o povo e seu próprio irmão, na luta contra as forças do mal, afinal, não se ganha uma batalha sozinho. Ele precisa equilibrar o lado pessoal do lado profissional, e para isso, Jane (Natalie Portmann), enquanto sua companheira, deve saber impulsioná-lo.

 

Como já disse, o filme pode parecer história de criança, mas não é. Da mesma forma, a política pode parecer assunto para gente desonesta, mas não é (ou não deveria ser). Portanto, que Thor inspire novos heróis da política brasileira!

 

Play! Ótimo filme!