Pinhalzinho

28º

18º

Maravilha

27º

18º

São Miguel do Oeste

27º

18º

Chapecó

27º

17º

Mesmo Se Nada Der Certo

A comédia dramática “Mesmo Se Nada Der Certo” compartilha as incertezas e medos de uma geração mais preocupada com a felicidade do que com o dinheiro.

 

Em um trecho, sem muita expectativa sobre a profissão, Gretta (Keira Knightley) pergunta: “É algo com poucas chances, não?” O fato é que a vida não é fácil para ninguém. Enquanto um perde o emprego, o outro perde o namorado, o terceiro se depara com a solidão e assim vai. Para Gretta, tudo parecia um sonho: mudar-se para “a cidade grande” com o namorado músico e tornar-se uma cantora famosa. O problema é que a carreira solo do namorado Steve (James Corden) deslancha, ele a abandona e a jovem fica perdida.

 

Paralelo a essa situação, conhecemos Dan (Mark Ruffalo), um produtor musical que é demitido e não tem dinheiro sequer para pagar a bebida. Fracassados, ambos encontram uma oportunidade em um bar, quando ele a vê cantando. Mas como ninguém fica famoso de um dia para o outro, o filme mostra que os Gretta e Dan precisarão batalhar muito para crescer.

 

Todavia, a ideia do diretor John Carney não é mostrá-los ricos e famosos, mas alegres e satisfeitos em fazer o que gostam. Aliás, muitos confundem dinheiro com felicidade, mas o filme defende uma postura contrária ao sistema (aos artistas que se vendem por dinheiro). Por exemplo, Adam Levine, cantor da banda Maroon 5, aparece como uma caricatura de si mesmo, um homem que troca a boa música artesanal pelo sucesso massivo. O filme critica a futilidade e ganância de Adam, preferindo a integridade de Dan e Gretta.

 

Sobre o questionamento de Gretta, citado no início da coluna, Dan responde: “Com certeza [tem poucas chances]. É aí que a magia acontece.” Isso porque os obstáculos nos fortalecem ainda mais. A música, assim como tantas profissões que usam da criatividade como matéria-prima, ainda são pouco reconhecidas. Ainda assim, vale a pena lutar pelo que se gosta, porque, como afirmou Steve Jobs: “Cada sonho que você deixa pra trás, é um pedaço do seu futuro que deixa de existir.”

 

Play! Ótimo filme!