Pinhalzinho

29º

18º

Maravilha

28º

18º

São Miguel do Oeste

28º

18º

Chapecó

28º

18º

Anderson Silva: Como Água

O UFC (Ultimate Fighting Championship) é a maior organização de artes marciais mistas do mundo, que reúne os maiores lutadores o promove megaeventos em todo o mundo.

 

Um dos maiores lutadores do UFC é, orgulhosamente, um brasileiro: Anderson Silva. A voz fina contrasta com a força incrível de “Spider”, apelido definido por ele mesmo, por acreditar que o Homem-Aranha é o único super-herói “que tem contas para pagar”.

 

O personagem é brasileiro, mas a produção do documentário é americana: “Anderson Silva: Como Água” revela toda a preparação do lutador para ganhar o cinturão do UFC, na luta que lhe rendeu o recorde mundial de 12 vitórias consecutivas. O filme de Pablo Croce foi premiado no Tribeca Film Festival como Melhor Direção, mas falha no aspecto visual.

 

O documentário foca no seu trabalho, seu treino, seu relacionamento com a família e sua filosofia de vida, apoiando-se em diversas entrevistas com lutadores renomados do UFC. Na teoria parece fácil, mas na prática o UFC exige muito mais do que lutar.

 

Silva é, assim como a água, “mutável”. Se por um lado ele se irrita com a mídia especulativa e até mentirosa, por outro, é calmo diante de um combate. É por isso que no título do documentário leva a definição “como água”. Aliás, o título do filme se refere à frase de Bruce Lee: “Não se limite a uma forma, adapte-se e construa a sua própria, e deixe-a crescer, ser como a água. Esvazie a sua mente, seja amorfo, sem forma - como a água. Se você colocar água num copo, ela se torna o copo; se você coloca água numa garrafa ela se torna na garrafa; se a colocá-la num bule, ela torna-se o bule. A água pode fluir ou pode colidir. Seja água, meu amigo.”

 

Play! Ótimo filme!