Pinhalzinho

23º

16º

Maravilha

24º

15º

São Miguel do Oeste

24º

15º

Chapecó

22º

16º

Não é só a defesa o problema. O Grêmio tem muito mais a corrigir.

São 10 jogos em 2016. Seis vitórias, um empate e três derrotas que o Grêmio acumula até aqui. 17 gols efetuados e 13 gols sofridos. A defesa gremista comete constantes erros e o problema parece não ter fim. Porém, a raiz do problema vai muito mais a fundo. Analisando os jogos do Grêmio deste ano e levando em conta as palavras dos principais comentaristas esportivos, segue os motivos da péssima campanha do Grêmio na temporada e algumas ideias de como corrigir o problema:

- A saída de Erazo desequilibrou a zaga. Podem até contestar o equatoriano, mas ele era muito melhor que Kadu e Fred JUNTOS;

- Os laterais Gremistas estão muito ruins nesta temporada (#voltapará). Marcelo Oliveira merece banco há muito tempo e Walace parece que ainda não se adaptou ao futebol brasileiro. (Tenho minhas dúvidas que vai se adaptar...);

- A defesa gremista ficou ainda mais frágil depois que o volante Walace deixou o time devido à uma lesão. Sua função de primeiro volante era vital à defesa gremista. Edinho não consegue fazer o mesmo papel. Falta qualidade e velocidade ao veterano gremista;

- Marcelo Avenida Oliveira, além de estar muito ruim, vem sofrendo demais devido à ineficiência no meio campo. A solução para o Grêmio seria deixar de atacar com seus laterais (já que não fazem muita coisa mesmo), aproveitar a chegada de Bolaños para deixar Luan como camisa 10, e sacar Douglas do time, (o que não deve acontecer, pois Roger provavelmente optará por tirar Everton do time). Assim, Luan teria mais facilidade para voltar marcar, porque convenhamos, Douglas é muito lento na marcação. Dessa forma, o Grêmio teria sua linha de quatro jogadores na defesa, (dois zagueiros e dois laterais) e não sofreria no meio de campo, já que o nosso volante não precisaria sair para marcar uma das laterais;

- Everton atuaria adiantado, fazendo transação de velocidade com Luan e Bolaños, tendo um ataque modesto, mas efetivo. Contra a LDU, será muito mais importante corrigir o sistema defensivo, já que provavelmente o time equatoriano virá com tudo. Com uma boa marcação no meio campo, sem comprometimento da defesa, a efetividade no ataque será consequência;

Com sorte, muita vontade e um bom entendimento tático, a vitória mais importante do ano virá para o torcedor gaúcho. A Arena vai rugir mais uma vez.

 

 

Foto: Lucas Uebel/Grêmio