Pinhalzinho

24º

11º

Maravilha

23º

11º

São Miguel do Oeste

23º

11º

Chapecó

23º

10º

Tubby é proibido no Brasil

Liminar foi proferida por juíz da cidade de Belo Horizonte

 

Os homens que sonhavam com a “vingança” do Lulu com o aplicativo Tubby, pode ir tirando o cavalinho da chuva. Isto porque a 15ª Vara Criminal de Belo Horizonte emitiu ontem quarta-feira (04), uma liminar que proíbe aplicativo de ser disponibilizado em todo o Brasil.

 

 

O juiz Rinaldo Kennedy Silva, titular da Vara Especializada de Crimes Contra a Mulher de Belo Horizonte, acatou o pedido de medida cautelar feito por coletivos como Marca das Vadias e Coletivo Mineiro Popular Anarquista (Compa). 

 

 

Os grupos argumentam que o aplicativo promove a violência contra as mulheres que forem analisadas. A reivindicação foi feita com base na Lei Maria da Penha.  De acordo com o juiz, o aplicativo causa dano irreparável ou de difícil reparação à honra das avaliadas.

 

 

Na decisão, a rede social Facebook, as lojas de aplicativos Google Play e App Store e o próprio Tubby ficam impedidos de veicular o aplicativo, sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento.