Pinhalzinho

25º

19º

Maravilha

23º

18º

São Miguel do Oeste

23º

18º

Chapecó

25º

19º

As 7 Leis Espirituais do Sucesso - Parte 02

Olá amigos(as)...cumprimentando cordialmente a todos, seguimos nesta semana com os comentários sobre o livro “As 7 Leis Espirituais do Sucesso (1994)” do médico indiano Deepak Chopra. Já falamos sobre a 1ª Lei (Potencialidade Pura), agora vamos juntos debater sobre a 2ª Lei, que trata sobre a DOAÇÃO.

 

Você sabe dar presentes?

Na última semana abordei uma questão bem abrangente no que se refere ao desapego da mente egoísta, aquela que quer tudo para si, o tempo todo. Faltou dizer que uma das formas práticas de começar a realizar essa transformação é praticar a arte de não julgar (enquanto fizermos, devemos julgar as ações, não as pessoas). Assim começará a perceber que as coisas acontecem para que se aprenda com elas.

 

2ª Lei – A Doação: Deepak Chopra defende que tudo no universo é dinâmico, onde nada está parado. Explica que nosso corpo e a nossa mente estão interagindo constantemente com tudo o que existe. Isto é atestado por diversas autoridades da ciência e da espiritualidade que afirmam ser verdade que se você procura por felicidade, terá primeiro que manifestá-la a alguém. Se estiver a procura de dinheiro, terá que investir o necessário.

 

Agora vem a parte importante desta Lei. Se entre tudo o que conhecemos nesta existência, até onde nossa tecnologia alcança e além, tem uma constante troca de energia, será que estamos fazendo essa troca da maneira correta? Entendemos de fato essa equação?

 

É hora de abordarmos o título do texto de hoje. Será que você (nós) sabemos dar presentes? Que espécies de presentes? O médico indiano destaca que se no ato de dar achamos que estamos perdendo alguma coisa, aquele presente não foi realmente dado, portanto, não acrescentou nada em nossas vidas. Fazendo deste modo errado continuamos retendo a energia dentro de nós, seguimos escravos da mente egoísta.

 

Me diga quantos exemplos me podes dar de pessoas que, mesmo distantes umas das outras, através de bons pensamentos e orações ajudaram a resolver um problema? Muitos, acredito. Um dos grandes mestres da humanidade já dizia: dá e recebereis. E Jesus não falava de presentes materiais, pois queria que enxergássemos que somos muito mais do que carne, somos espírito. Quem não gosta de receber de presente um sorriso, um abraço, ou ouvido atento, um elogio sincero...uma oração.

 

Sobre esta Lei vou compartilhar uma pequena história que está no livro: “...Dois homens estavam seriamente doentes em um mesmo quarto de hospital. Um deles, como parte do tratamento, era colocado sentado em frente a janela; o outro ficava só deitado. Por dias o que estava na janela descrevia o que via para o outro, que de tão belas palavras podia pintar as cenas em sua mente...uma lago, pessoas, pássaros, flores...mas uma tarde foi tomado por um pensamento: - porque só ele pode ficar na janela e eu não? Quero uma mudança! Faria qualquer coisa! Certa noite seu colega acordou tossindo e sufocando sem conseguir achar o botão para chamar a enfermeira. Ele observou frio e quieto, nada fez. O homem morreu...assim que foi apropriado, pediu para ser colocado na janela, e assim foi...quando chegou a hora da visão maravilhosa, viu apenas um muro, cinza”. Na próxima semana a 3ª Lei.