Pinhalzinho

27º

15º

Maravilha

25º

14º

São Miguel do Oeste

25º

14º

Chapecó

27º

14º

Seis anos de “Almanaque do Esporte” e a primeira foto publicada

      Há seis anos o jornal A Sua Voz abria espaço para esta coluna, exatamente no dia 19 de Agosto de 2009 era publicada a primeira matéria com o seguinte título “Vice-campeã do Estadual de Futsal Sub 9”,  com essa mesma foto, que nos foi cedida na época por Claudete Graciolli. Seis anos depois procuramos alguns desses garotos, hoje rapazes com uma carreira de sucesso no futsal, para que dessem os seus depoimentos, falando das suas carreiras.                      

      Renan Mantelli diz que para ele esse campeonato foi um marco. “A primeira competição já ficamos entre os primeiros do estado. Uma competição em que entramos desacreditados, pois éramos novos, de uma cidade pequena no qual a maioria nunca tinha saído de sua cidade para um campeonato. Fomos crescendo durante a competição e a cada vitória fomos evoluindo como atletas e como pessoa, pra mim foi ali que começou minha carreira e onde entrei para o futsal de vez, onde é o meu sustento hoje e agradeço sempre a Pinhalzinho por ter incentivado o futsal desde as categorias de base onde ali que se criam os verdadeiros atletas e cidadãos”. Renan Mantelli atuou com destaque por alguns anos na Adesp Futsal de Pinhalzinho, atualmente atua na equipe de Joaçaba e está disputando o Campeonato Estadual de Futsal da Divisão Especial.                                                                                                                                 

     Outro jogador deste time que alcançou destaque no futsal foi Mateus Rossatto, ele diz que aquele ano “basicamente foi o inicio da minha vida como atleta, pois foi á primeira competição de expressão que participei. Recordo de momentos especiais daquele ano, como a confecção de minha primeira carteira de identidade com sete anos de idade, a primeira ida a capital do estado, e momentos não tão felizes como o que fomos hostilizados por sermos do oeste, entre outros adjetivos. A partir dai jogar bola passou de uma brincadeira para um "trabalho", pois a dedicação foi essencial. Lembro também do apoio de nossos pais que sempre estavam com nós no ginásio nos dias de treino e nos finais de semana com os jogos. O convívio com muitos ainda permanece, sejam pela cidade ou pelas quadras. Com alguns o contato foi perdido. Com o passar dos anos treinar e estudar sempre fez parte da minha rotina, com o apoio e cobrança da família. Quando houve o convite para a equipe adulta (Adesp Futsal) e jogar com alguns companheiros daquele ano foi um momento de muita felicidade. Lembrei quando pequeno ia ao ginásio com meus pais e familiares torcer pela equipe e corria para a quadra no intervalo para jogar bola. Hoje vendo no ginásio as novas gerações sempre vem á mente aquela época. O ano de 1999 será sempre lembrado de uma forma especial”. Diz Mateus, que atua na Adesp desde 2010.

      Além de Renan Mantelli e Mateus Rossatto, outros têm se destacados em suas carreiras. Luciano Graciolli e Mateus Sehn foram Campeões Estaduais da Primeira Divisão de Futsal em 2014 com a AD Saudades e Luciano foi eleito o melhor goleiro da competição. Guilherme Razera atuou alguns anos na Adesp e disputou a liga nacional pela equipe de Blumenau. Alguns deles (Luciano Graciolli, Renan Mantelli, Guilherme Razera, Mateus Rossatto e Marcelo Muller) fizeram parte do projeto inicial da Adesp comandado pelo treinador Lewis Heineck que a partir de 2010 incluía em seu elenco atletas da base. O professor Agnaldo que era o treinador dessa gurizada é o atual treinador da equipe sub 17 de futebol de campo da Chapecoense.

 

Nomes na foto:                                                                                                                                                                                    

 Em pé: Professor Agnaldo Veriato Pereira, Renan Roberto Mantelli, Mateus Sehn, Serginho, Mateus Rossatto e Gabriel Muller.                                                                                                    

Agachados: Daivan Steffens, Guilherme Razera, Astor BitdingerRamon Grando, Luciano Graciolli, Marcelo Muller, Cleiton e Diogo da Silva.