Pinhalzinho

24º

14º

Maravilha

21º

11º

São Miguel do Oeste

21º

11º

Chapecó

23º

12º

Segunda Parte da história esportiva de João Rafael Heinzen (Xuxa)

      Na primeira matéria com o Saudadense João Rafael Heinzen, falamos da sua infância na Linha Taipas, das conquistas nas equipes de base, hoje vamos falar das suas conquistas na equipe do Esporte Clube Juventude da Linha Taipas e do trabalho na atual ADAF Futsal. Tudo começou em 1992, quando chegaram a final do campeonato municipal, o adversário da final foi o São José da comunidade do Alto Solteiro. O destaque da equipe do Alto Solteiro era o saudoso Enéias Stein colega de time do João na CME de Saudades e adversário no campeonato municipal de futebol de campo. João (Xuxa) diz que naquele ano o Juventude tinha uma equipe superior tecnicamente a equipe do São José, e ele tinha prometido para ele mesmo, que a equipe da Linha Taipas ficaria campeã. A final aconteceu no campo do Módulo Esportivo, empate em 0 a 0 no tempo normal, mais prorrogação. Faltando 30 segundos para o final da prorrogação, o artilheiro Enéias (em memória) marca o gol que deu o título ao São José. João não quis receber a medalha, só a recebeu da mão de Edgar Stein, após levar uma bronca do professor Tarcísio Cassol. Ele e o amigo Enéias tinham ganhado o Campeonato Regional com a equipe da CME de Saudades um domingo antes da decisão municipal. A partir de 1994 a equipe do Juventude fez uma sequência de seis finais de campeonato municipal. Vice-campeã em 1994, 1995 e 1998, campeã em 1996, 1997 e 1999, ele disputou todas as finais para a equipe de sua comunidade, e diz que o título que o mais marcou foi o conquistado em 1996, por a equipe ser limitada, e por ele ter jogado o primeiro jogo da final no Alto Solteiro, feito dois gols, e ter ficado de fora do último jogo por uma comemoração, que o árbitro interpretou como ofensiva ao adversário e o expulsou.

      No dia 21 de abril de 2005 ele sofreu uma lesão grave, que o tirou dos campos e das quadras. Foi no campo da comunidade do Baixo Solteiro, num jogo contra a equipe do União, por já ter passado por uma cirurgia, ele já era o 12º jogador, por opção própria. Pedia ao treinador para ficar no banco, por vir de um histórico de contusão. Mas a equipe do Juventude estava perdendo o jogo por 1 a 0 e o treinador o chamou e disse que precisava dele, iria voltar para o segundo tempo com três atacantes para tentar empatar o jogo, e aos 15 minutos ele sofreu a lesão, abola veio dividida no alto, ele subiu junto com o zagueiro, quando desceu pisou em falso, um lance completamente involuntário, que rompeu o tendão patelar, o ligamento cruzado, o ligamento colateral e rompeu o menisco. Foram necessárias três cirurgias para que ele pudesse andar normalmente.  João reconhece que nunca foi um craque, mas era veloz e bom finalizador, mesmo sem chutar forte. Mas como ficar fora do futebol, impossível, aí ele começou a ser treinador (ele define-se como escalador, e diz que treinador é aquele que treina a sua equipe). Começou na equipe do Juventude onde atuou como treinador por algum tempo, também foi treinador de equipes de futsal. Na época de jogador, João jogou no Juventude, no Grêmio da Linha Santa Lúcia de Pinhalzinho, São José de Nova Erechim e no Guarani da Barra Pequena município de São Carlos. Mas o título mais importante da sua trajetória esportiva foi conquistado como dirigente. Campeão Estadual da Primeira Divisão de Futsal com a AD Saudades em 2014 (atual ADAF).  Em 2013 João Rafael Heinzen (Xuxa) começou a fazer parte do projeto AD Saudades. Começou como vice-tesoureiro, depois o convidaram para ser o supervisor, após consultas aos professores Ivan Carvalho da Rosa, Tarcísio Cassol e Marcio Rauber, aceitou o cargo.                                                

      João é o atual tesoureiro da Liga Catarinense de Futsal e segue como supervisor da ADAF Futsal de Saudades e por ironia do destino a equipe Saudadense está em outra final com a ADESP de Pinhalzinho, adversário da final do estadual em 2014 e maior rival da equipe de Saudades, agora a final é pela Copa Catarinense. Dois jogos que promete fortes emoções!

 

Nomes na foto:                                                                                               

 Douglas Decoregio, João Rafael Heinzen e Marcos Rodrigo Bertei