Pinhalzinho

24º

11º

Maravilha

23º

11º

São Miguel do Oeste

23º

11º

Chapecó

23º

10º

O esporte de Pinhalzinho tem novos comandantes

Flavio Both assume o comando do esporte Pinhalense, com Guigo Ross na coordenação das competições municipais.

        O professor de educação física e árbitro internacional de tênis de mesa, Flavio Both assumiu o comando da Fundação Municipal de Esportes de Pinhalzinho. Flavio tem uma trajetória ligada ao esporte, foi goleiro do Independente da Linha Coxilha-Saudades e do Esporte Clube 13 de Maio da Linha Volta Grande-Pinhalzinho. Depois abandou o gol e foi atuar como centroavante. No Esporte Clube 13 de Maio também foi treinador e dirigente. Em 2008 Flavio ingressou no curso de Educação Física da Horus Faculdade, formou-se em 2012. Ainda na faculdade surgiu a oportunidade em fazer um curso para árbitro de tênis de mesa. Atualmente Flavio Both é árbitro internacional, considerado um dos melhores do Brasil. Foi o árbitro brasileiro nas Paraolimpíadas do Rio de Janeiro em 2016, e também atua como cronometrista em jogos da Liga Catarinense de Futsal.        

       Conversamos com Flavio a respeito do esporte pinhalense nas mais diversas modalidades. Ele confirmou que a Adesp Futsal vai ter uma equipe disputando as competições estaduais, com um investimento menor, utilizado atletas formados na base, contratação só aquelas pontuais. As equipes de base deverão participar dos campeonatos organizados pela Liga Catarinense, e pelo menos uma categoria deve participar do campeonato organizado pela Federação Catarinense de Futsal. O trabalho dos professores será melhor avaliado. O investimento maior deverá ocorrer nos guris das equipes de base, para que bons frutos sejam colhidos no futuro. O futsal feminino deverá ter o mesmo investimento que os demais esportes. Com o trabalho qualificado do treinador Cleto, novos talentos deverão surgir. No futebol de campo, novas ideias têm surgido e sugestões serão analisadas. O voleibol é outro esporte que precisa urgentemente de um maior investimento na base, para que não aconteça o que aconteceu com o handebol, que praticamente foi extinto do município. Flavio é sabedor da situação e sabe que algo precisa ser feito urgente, para que surja novas Andressa Parise, atleta pinhalense que está na equipe do Sesi-SP. O atletismo, é um dos esportes que pode voltar a ativa no município, pelo menos é o pensamento do novo diretor de esportes, assim como o xadrez, e como a bocha 48, que era um dos esportes em maior crescimento no município, e no último ano nem campeonato teve, muitos praticantes da modalidade ficaram chateados e reclamaram muito. A bocha rolada deve ter um maior investimento e um maior incentivo para os seus praticantes, inclusive com a volta da bocha de casais, assim como o bolão, que também deve receber uma atenção maior.                                                                   

        As competições municipais terá Rodrigo Ross (Guigo) como coordenador. A primeira competição que Guigo vai coordenar é o municipal de futebol suíço com início previsto para o dia 18 de fevereiro, ele assume o cargo sabendo que algumas competições precisam serem melhoradas, como por exemplo o JAPI. Outras competições deverão entrar no calendário esportivo do município como: Campeonato na categoria máster de futsal e futebol suíço, e uma reinvindicação antiga, que é um campeonato de veteranos de futebol de campo. A missão de Flavio Both e de Rodrigo Ross não será fácil, mas vontade parece não faltar a dupla, nos resta torcer para que melhoras aconteçam ao esporte pinhalense.