Pinhalzinho

28º

19º

Maravilha

28º

18º

São Miguel do Oeste

28º

18º

Chapecó

27º

18º

Identificado com a Chapecoense Tiago Luis gostaria de ajudar o clube a se reerguer

Identificado com a Chapecoense, onde jogou por quase três anos, o meia-atacante Tiago Luis deixou Belém do Pará onde estava atuando no Paysandu para acompanhar de perto os desdobramentos envolvendo a tragédia com seus amigos. Na última sexta-feira (02/12) durante os preparativos para o velório, conversamos com ele no gramado da Arena Condá a respeito da tragédia. Ao lado da esposa, que é natural de Chapecó, Tiago estava muito emocionado, disse que estava se sentindo, sem chão, meio perdido, sem saber o que fazer, mas que gostaria de ajudar o clube de alguma forma. Disse que se for convidado aceita voltar para ajudar a Chape a se reerguer. Falou que tinha programado uma viagem com os amigos e familiares, entre eles quatro vítimas da tragédia de Medellín: Cléber Santana, William Thiago, Filipe Machado e Kempes. O grupo embarcaria no dia 9/12, para um período de férias em Punta Cana, na República Dominicana.  Já cancelamos o voo e a viagem, resumiu Tiago.

 

Tiago Luis foi revelado pelo Santos em 2013 chegou à Chapecoense sob desconfiança, conseguiu seu espaço no clube, sendo um dos destaques da equipe que conseguiu o acesso à Série A do Brasileirão, ficando no clube por mais uma temporada.

Após uma tentativa de ir para o futebol do oriente médio, o atleta acabou ficando sem clube até acertar com o Joinville. Em 2015 teve uma breve passagem de volta ao Verdão do Oeste, em 2016 passou pelo América Mineiro e no último semestre atuou no Paysandu na série B.