Pinhalzinho

26º

19º

Maravilha

25º

19º

São Miguel do Oeste

25º

19º

Chapecó

24º

19º

Equipe Pinhalense é destaque em matéria no site da Confederação Brasileira de Desportos Escolares

Futsal feminino do Brasil é hexacampeão sul-americano escolar em Assunção.

Um jogo emocionante do primeiro ao último minuto. Emoções dos dois lados. Mas as brasileiras souberam resistir muito bem as pressões, dentro da quadra e a força dos paraguaios, que vinha das arquibancadas. O Brasil venceu por 1x0, gol de Camila aos 12 min do primeiro tempo e assim, conquistou o titulo de campeão sul-americano escolar de futsal feminino. 

Foi a sexta conquista brasileira, todas elas contra o Paraguai, uma prova de que esses dois países são as maiores potências do futsal feminino no continente sul-americano. 

Depois do apito final do arbitro, atletas, treinadores, delegados e os brasileiros presentes fizeram a festa na quadra do ginásio Poliesportivo do Paraguai, que estava com as arquibancadas lotadas, na sua maioria de paraguaios, incentivando sua seleção.

O jogo – o Brasil apesar de enfrentar as donas da casa, incentivadas pela torcida, partiu para o ataque e desperdiçou boas oportunidades. Camila, autora do único gol brasileiro, Yasmin e Júlia, criavam bem as jogadas no meio de campo, mas pecavam nas finalizações. Até os 10 minutos de jogos, foram duas bolas na trave paraguaia. O gol do Brasil demorava a sair, mas era apenas uma questão de tempo.

Aos 12 minutos, Julia tocou para Camila Duarte, que chutou forte no canto esquerdo da goleira do Paraguai, fazendo Brasil 1x0. O tempo passou e a primeira fase se encerrou com a vantagem parcial do Brasil por 1x0, mas poderia ter sido de muito mais.

Sobre pressão: Na segunda fase, as paraguaias retornaram com disposição de empatar o jogo e aí surgiu a goleira Caroline, evitando o gol de empate. A pressão aumentava e as brasileiras recuadas, resistiam bravamente, até o apito final, quando comemoraram mais um título para o Brasil.

Para chegar a grande conquista invicta, as meninas do Colégio José Marcolino Eckert, de Pinhalzinho-SC, venceram na fase de classificação a Colômbia por 5x0, a Venezuela por 3x0 e o Uruguai por 3x1. Na fase semifinal, a vitória contra o Peru por 7x0, coroou a campanha até chegar à final contra o Paraguai, quando venceram por 1x0. 

Emocionado, o treinador Cleto Schuster agradeceu o desempenho das meninas. “Vocês foram guerreiras. Superaram todas as dificuldades, para chegar a essa conquista histórica, que muito dignifica o nosso futsal feminino. Agora é só comemorar, minhas queridas”, disse Cleto.

Cleto disse ainda que essa conquista não nasceu de uma hora para outra.

“Trabalho com essas meninas desde os 7 anos. Temos um histórico no futsal escolar. Das 57 partidas oficiais realizadas até agora, foram 56 vitorias e um empate. Daí a qualidade do futsal que foi apresentado neste Sul-Americano. E o resultado foi o titulo de campeãs”, disse Schuster.

Para chegar ao titulo a Seleção Brasileira utilizou as jogadoras: Caroline, Camila Duarte, Camila Scariotes, Yasmin, Mariana, Paula, Patrícia, Isabela, Júlia e Natália. O técnico é Cleto Schuster.

Fonte: Ascom-CBDE