Pinhalzinho

28º

19º

Maravilha

27º

18º

São Miguel do Oeste

27º

18º

Chapecó

27º

18º

Com campanha histórica a Chapecoense deu adeus a Copa São Paulo

Paulista vence, vai à semifinal da Copinha e acaba com o sonho da Chape, que dispede-se da competição com campanha histórica.

 

Em participações anteriores a Chapecoense nunca tinha vencido um jogo, quis os deuses do futebol, que justamente nesse início de ano, depois da tragédia de Medellín a gurizada vencesse o primeiro jogo, e fez mais! Classificou a equipe de Chapecó para a segunda fase, quando eliminaram o favoritaço São Paulo. Na terceira fase enfrentaram o Capivariano na casa do adversário e o eliminaram, nas oitavas de final, outro adversário forte, favorito e jogando em casa, o Ituano que vinha invicto na competição, e a gurizada da Chape fizeram bonito mais uma vez, eliminando mais um favorito dentro da própria casa. Nas quartas de final outro favorito pela frente, o Paulista de Jundiaí. A equipe de Jundiaí jogou em seu estádio com mais de 10 mil torcedores. O Paulista tem 100% de aproveitamento e a melhor defesa da competição com 1 gol sofrido.

 

O Paulista começou o jogo pressionando a Chape e aos 9 minutos do primeiro tempo fez 1 a 0 com Brayan. A Chape voltou melhor para o segundo tempo, exercendo uma forte pressão nos minutos finais da partida, mas, os deuses do futebol quis assim e a gurizada se despediram da Copinha de cabeça erguida. O torcedor da Chapecoense estão orgulhosos dessa gurizada que honrou a camisa da Chape. Parabéns ao treinador Emerson Cris e sua comissão técnica e aos guris, uns verdadeiros guerreiros...Valeu gurizada, o futuro os aguarda!

 

Vamo, vamo, Chapêê!!!