Pinhalzinho

31º

19º

Maravilha

29º

19º

São Miguel do Oeste

29º

19º

Chapecó

30º

18º

Cleto Schuster (O papa-títulos)

      O Pinhalense Cleto Schuster tem uma trajetória vitoriosa no esporte, mas nem ele mesmo acreditava que podia conquistar tantos títulos como conquistou nos últimos dois anos após voltar ao esporte Pinhalense. Quando o ex-diretor da Fundação Municipal de Esportes de Pinhalzinho professor Fabricio Fontana deu a oportunidade para que Cleto começasse a trabalhar com o futsal feminino (com a saída do professor Né), não pensava que o rapaz pudesse chegar, aonde chegou, com tantas conquistas. Cleto era visto como um cara azarado, que tudo de ruim acontecia com ele, chegou a perder alguns dentes, como no lance em que levantou a camisa e deu um peixinho na quadra para comemorar um título e deu de boca no piso do Centreventos. Mas quando surgiu a oportunidade de ser treinador, a sorte mudou para o lado dele, se tornando um treinador vitoriosíssimo.

      Em 2008 seu primeiro ano como treinador ele conquistou dois títulos. Em 2009 o número de conquistas dobrou (quatro no total). Em 2010 mais três conquistas. Em 2011 Cleto foi trabalhar na cidade de Maravilha e no meio do ano foi convidado para ser diretor de esporte da cidade de Modelo. Ou seja, ele ficou seis meses trabalhando nas duas cidades. Em sua passagem por Modelo ele conquistou 14 títulos, 13 com o a equipe feminina e uma Taça RCO com a equipe masculina. Em 2014 ele voltou a trabalhar em Pinhalzinho e na primeira competição “Copa ADELL” disputada em Chapecó e conquistou o título com a equipe sub-14. Logo em seguida conquistou a Taça RCO. Conquista também o Campeonato Estadual com a categoria sub 13. E com a geração 98 conquista as fases Microrregional, Regional e Estadual da OLESC invicto em todas as etapas, com 17 jogos disputados e com 17 vitórias, algo inédito para uma equipe de futsal feminino. Nem um município do estado havia conseguido tal feito. Foi campeão da Taça SDR com a equipe sub 17 e campeão da Copa Dray com a equipe sub 16.  Com 8 títulos conquistados em 9 disputados (perdeu o estadual sub 15), o saldo de 2014 foi excelente. Mas o melhor estava por vir em 2015. Com 13 títulos conquistados em 14 disputados, até agora foi muito além do esperado por Cleto e suas meninas, que almejam conquistar mais alguns títulos até o final do ano. No inicio deste ano ele foi campeão da Copa DELL invicto com a equipe sub 14, e campeão da Taça RCO. O projeto com a equipe sub 14, popularmente conhecida como o Barcelona de Saias teve inicio após a conquista do Campeonato Estadual sub 13 em 2014. Cleto manteve a base da equipe e buscou alguns reforços para este ano. Ele fala dessa equipe com muito entusiasmo, diz que a equipe está invicta em 2015. No JESC a equipe jogou 25 jogos e venceu 24 e empatou uma. A equipe foi campeã das etapas, municipal, microrregional, regional, e estadual invicta em todas as etapas, e foi representar o estado na competição nacional e venceu todos os jogos. No projeto Moleque Bom de Bola de futebol de campo o Barcelona de Saias, também fez bonito, vencendo todas as etapas da competição invicta, em 16 jogos venceu 15 jogos e empatou uma, com a equipe de Nova Erechim na final estadual, quando a equipe Pinhalense venceu nos pênaltis. Com a equipe sub 17 Cleto conquistou as etapas microrregional e regional dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. E perdeu a etapa estadual da competição, sendo essa a única derrota do treinador Pinhalense este ano.

      Em um ano e oito meses após voltar ao esporte Pinhalense Cleto Schuster conquistou três títulos estadual e um nacional, agora vai em busca de um título internacional.  O papa-títulos, e suas meninas, ainda têm dois títulos para disputar esse ano, as finais da Taça Dray que acontece no dia 15 de novembro e o Sul-Americano que será disputado em Assunção-Paraguai em dezembro.

                                                                                                                                

Nomes na foto:

Raquel Barrueveno, Cleto Schuster e Ghenifer Bettanin