Pinhalzinho

21º

16º

Maravilha

19º

17º

São Miguel do Oeste

19º

17º

Chapecó

18º

15º

Alessandro Rhoden marca dois gols na estreia do Santa Cruz na Copa São Paulo

O atacante Alessandro foi o grande nome da vitória do Santa Cruz sobre o XV de Piracicaba nesta terça-feira, pela primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os gols foram do centroavante Alessandro, um dos personagens de uma tarde polêmica no interior de São Paulo. Não faltou emoção na primeira partida de Santa Cruz e XV de Piracicaba na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Pelo complemento da rodada inaugural do Grupo 16, que teve também a vitória do Ituano sobre o Guarani, o time pernambucano venceu o paulista por 2 a 0, no Estádio Novelli Júnior, em Itu. O placar já marcava 1 a 0 para o Santa (gol de Alessandro) quando o goleiro Leonardo, do XV, saiu para agarrar um cruzamento. Ao se projetar no ar, o jogador acertou a perna direita em Alessandro, que caiu. O árbitro Rodrigo Pires de Oliveira assinalou pênalti a favor do Cobra Coral, muito questionado por todos os atletas quinzistas. Na cobrança, Leonardo defendeu o chute de Robinho, mas Alessandro aproveitou o rebote para ampliar, marcando e seu segundo gol no jogo.

Na comemoração, Alessandro fez um gesto de silêncio para a torcida local, que o árbitro não aceitou. Por isso, expulsou o camisa 9 do Santa Cruz, que também já tinha recebido amarelo no lance do pênalti, minutos antes. A partida ainda teve mais dois vermelhos, ambos no segundo tempo: o lateral Vitor, do XV de Piracicaba, e o meia Téo, do Santa, ambos por faltas violentas.

O saudadense Alessandro Rhoden começou nas equipes de base de Saudades, com o professor Cassol e em Pinhalzinho com o professor Mita. Foi profissionalizado no Inter de Lages, chegou ao Santa Cruz nos últimos meses de 2016. Pela equipe de Recife, conquistou o vice-campeonato Pernambucano e também chegou às fases finais da Copa Nordeste.

 

Fonte: globo esporte.com