Pinhalzinho

24º

14º

Maravilha

21º

11º

São Miguel do Oeste

21º

11º

Chapecó

23º

12º

Agora é oficial: A ACBF confirma a saída de Pito

 

 

Agora é oficial. Em nota divulgada a poucas horas, a assessoria de imprensa da ACBF publicou a seguinte nota: “Pouco mais de dois anos após a sua chegada, o pivô Pito irá se despedir da Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF). Em abril, o jogador embarcará para a Espanha, onde atuará pelo El Pozo, de Múrcia”.

 

 

O atleta tinha contrato até o final de 2017, mas o clube espanhol pagou a multa rescisória para contar com o jogador.

 

 

Pito chegou a ACBF em 2014 após destacar-se na temporada anterior pelo Concórdia que o contratou da ADESP Futsal de Pinhalzinho. Porém, foi em 2015 que ele ganhou notoriedade mundial, sendo convocado diversas vezes pela Seleção Brasileira. Foi vice-artilheiro e melhor pivô da Liga Nacional de Futsal (LNF). Além da LNF, Pito conquistou o Gauchão e a Taça Brasil com a camisa laranja.

 

 

O jogador se apresentará ao novo clube em agosto. Ele disputará a Supercopa, no dia 4, contra o Jaraguá. Caso a ACBF conquiste a vaga, ele participará da Libertadores, que ocorrerá no mesmo mês, na Venezuela. Divulgou a ACBF.

 


O contrato de Pito com a equipe Espanhola deve ter duração de três anos.

 

Histórico:

O jovem Jean Pierre Guisel Costa (Pito) tem um histórico de conquistas, que começou na ADESP Futsal de Pinhalzinho, com a conquista da Taça RCO de Futsal em 2011, em 2012 veio o bicampeonato e a artilharia da competição. Em 2013 Pito foi contratado pela ACF Concórdia, onde foi vice-campeão da Super Liga e da Liga Nacional.  Em 2014 na ACBF de Carlos Barbosa ele manteve o seu histórico de conquistas: Bicampeão da Copa Gramado 2014-2015, campeão da Copa Cataratas 2015, campeão da Liga Nacional de Futsal 2015 (eleito o melhor Pivô da competição) e campeão da Série Ouro Gaúcho. Campeão da Copa do Brasil em 2016.

 

Seleção Brasileira:                                                                                                      

 

Campeão do Grand Prix 2015 e campeão das eliminatórias da Copa do Mundo 2016.