Pinhalzinho

26º

19º

Maravilha

25º

19º

São Miguel do Oeste

25º

19º

Chapecó

24º

19º

Adilson Alex Dall Agnol (O maior colecionador de títulos do JAPI)

O Pinhalense Adilson Alex Dall Agnol (o popular Alemão Dall Agnol) vem colecionando títulos nos Jogos Abertos de Pinhalzinho (JAPI), desde a primeira edição em 2001. A sua trajetória no esporte, começou quando ele tinha 7 anos, nas categorias de base da CME de Pinhalzinho (atual Fundação Municipal de Esporte). Começou treinando futsal, no decorrer do tempo foi jogar futebol de campo com o saudoso Antônio Avelino Carvalho, na escolinha Os Piazitos. Por ser um jogador de boa estatura, quando ele tinha entre 13 a 14 anos o convidaram para jogar voleibol. Foi no voleibol que Alemão se destacou no esporte Pinhalense, jogando em todas as equipes de base e na equipe adulta. Ele fez parte da equipe de vôlei Pinhalense em jogos abertos e joguinhos em todo estado de Santa Catarina. Nos Jogos Abertos de Pinhalzinho, Alemão sempre vestiu a casa do Bairro Centro e conquistou 8 títulos no vôlei masculino de quadra, 4 títulos no vôlei de areia, ao lado dos parceiros Lewis Heineck ou de Lucas Tomazzi (Bodega). E conquistou 1 título no vôlei misto na última edição do Japi em 2013. Sendo o único atleta a participar de todas as edições da competição com a camisa do Centro. Ele também foi coordenador do bairro Centro em quadro edição dos jogos. Na atual edição dos Jogos Abertos de Pinhalzinho (XII Japi) o Alemão está participando da equipe de vôlei misto do Centro em busca de mais um título para aumentar a sua coleção. Alemão sempre atuou como meio de rede ou como líbero quando teve a mudança e foi acrescentado o líbero ao voleibol. Quando chegou a hora de cursar uma faculdade o curso escolhido por Adilson Alex Dall Agnol só poderia ser Educação Física. Atualmente ele leciona nos colégios Vendelino Junges e José Marcolino Eckert. E no colégio José Marcolino Eckert a diretora Nair Mantelli e o professor Fabricio Fontana o encarregaram de ser o professor responsável por todo o esporte do colégio. Ele fala com muito orgulho da equipe sub 14 de futsal feminino (comandada pelo professor Cleto Schuster) que representou o Colégio José Marcolino Eckert nos Jogos Escolares da Juventude, representando o estado de Santa Catarina e sagrou-se campeão Brasileiro, e no mês de dezembro defenderá o Brasil nos Jogos Escolares Sul-americano em Assunção no Paraguai. Ao lado dos professores Israel Betemps (Mita) e Cleto Schuster , o professor Alemão vai a Tunapolis participar do Estadual do Moleque Bom de Bola com as equipes masculina e feminina representando o Colégio José Marcolino Eckert. As equipes do vôlei de areia e do tênis de mesa representando o colégio vão ao JESC com atletas de 15 a 17 anos no mês de outubro.                                                                                                    Alemão fez parte de algumas equipes de futebol de campo, atuando em campeonatos municipais e até regional. Ele atuou no Esportivo, Juventude, Canarinho e Ser Ajap. Aos domingos pela manhã ele é presença constante na equipe da Associação Atlética Veteranos do Ajap, atuando como zagueiro, volante ou lateral (passar do meio de campo nem pensar), ou como treinador da equipe. Outra paixão esportiva que o Adilson tem além do vôlei, é por cavalos. Ele está sempre cavalgando nos eventos campeiros da região. A paixão por cavalos vem desde criança, depois de adulto a paixão pelos cavalos só aumentou, ele e seu amigo Nilmar Fiorini (em memória) estavam sempre indo para as terras das famílias (Dall Agnol ou Fiorini) para uma boa montaria. Adilson Alex Dall Agnol diz que o importante é participar de todas as atividades esportivas, e que depois a pessoa pode direcionar em qual o esporte tem um melhor rendimento. O mais importante é praticar esporte!

Foto: O vice-prefeito de Pinhalzinho Ladir Cassol entregando a Adilson Alex Dall Agnol (Alemão) mais um troféu de campeão do JAPI em 2011