Pinhalzinho

31º

19º

Maravilha

29º

19º

São Miguel do Oeste

29º

19º

Chapecó

30º

18º

A história esportiva de Darcy José Werlang

Gaúcho de Santa Cruz do Sul, Darcy José Werlang nasceu e 18 de Fevereiro de 1937, filho de Armando e Cecília Luíza Werlang.

      Em 1938 quando o guri tinha um ano de vida, a família Werlang veio residir na Vila São Carlos que pertencia a Chapecó. Armando pai de Darci tinha um caminhão Ford 37 e constantemente fazia o trajeto São Carlos a Irai, levava produtos agrícolas e trazia mercadorias. Numa destas viagens Darcy que de vez em quando viajava com seu pai, ganhou de um comerciante de Iraí uma bola de borracha (tipo câmara de ar), mas pra quem só brincava com bola feita de tecido, aquela estava ótima, esta foi á primeira bola que apareceu em São Carlos.

      Algum tempo depois em outra viajem de Armando ele trás um conjunto de uniformes com as cores da Seleção brasileira, e aí surgiu o primeiro time de futebol de São Carlos, o 12 de Outubro, que tinha como goleiro o saudoso Alfredo Signori, a maioria dos atletas era da família Klauck, inclusive um dos destaques do time era Emanuel Klauck, que é nome de uma Rua em Pinhalzinho, mais precisamente no Bairro Efacip.

      Quando o Darcy terminou os estudos primários a família o mandou estudar em Erechim no Rio Grande do Sul, no Colégio Medianeira, e lá tinha um professor Irmão Marista que adorava futebol e era apaixonado pelo Grêmio Porto-alegrense, tanto que influenciou a escolha pra qual time aquele guri iria torcer pro resto da vida, o colégio tinha um time de futebol este em destaque na foto, Darcy Werlang é o primeiro da direita pra esquerda, em pé.

      Em 1950 a família muda para a Vila Saudades e o Darcy quando sai do colégio vem residir com a família em Saudades, lá ele e seu irmão Nelson (Gibi) fizeram amizade com o pessoal que jogavam futebol no Esporte Clube XV de Novembro (hoje Clube Recreativo e cultural XV de Novembro.), entre eles Beno Kolling, Adão Haihwalt, Camilo Braum, Bruno Klauck, Arlindo Kammler (Galocha), Nilson Chiapinotto, Ido Dreyer e os irmãos Arno e Valdemar Schuh, e ainda nos anos 50 com o incentivo de Nilson Chiapinotto e Dr. Elton Ubirajara Ventura que era o médico da Vila, foram disputar um campeonato regional em Maravilha, participavam deste regional time de Pinhalzinho, Maravilha, Saudades, Cunha Porá, Palmitos e São Carlos. O time de Saudades foi campeão, sendo esta a primeira taça conquistada pelo Esporte Clube XV de Novembro, (detalhe Darcy fez o gol do título cobrando uma falta da intermediária). Fato curioso: Os jogadores após a conquista do título comemoraram noite à dentro, na volta para Saudades ficaram esperando o dia amanhecer para entrar na cidade soltando fogos.          

       Darcy jogava futebol na posição de centeralfes (meio de campo), também foi árbitro, cônsul do Grêmio em Pinhalzinho por 10 anos e dirigente do histórico time da Madeireira Burgnotto.

     Essa matéria foi publicada na edição número 305 do Jornal A Sua Voz de 14 de dezembro de 2011 

Saudações Santista e até próxima história!