Pinhalzinho

32º

21º

Maravilha

31º

21º

São Miguel do Oeste

31º

21º

Chapecó

31º

19º

Dia Mundial do Leite

Na semana que é comemorado o Dia Mundial do Leite, o texto a seguir apresenta alguns mitos e verdades sobre o consumo de leite.

Leite desnatado é leite integral com água.

Mito. O que caracteriza o leite desnatado é o reduzido teor de gordura, que pode chegar, no máximo, a 0,5%. Leite desnatado ou semidesnatado possuem a mesma quantidade dos outros nutrientes do leite integral, com carga calórica reduzida. Em 200ml de leite desnatado encontram-se, em média 65 Kcal, enquanto que a mesma quantidade de leite integral gera, em média, 120 Kcal.

O adulto não deve tomar leite.

Mito. Os nutrientes do leite, proteínas, cálcio, vitaminas e outros minerais, são essenciais em todas as fases da vida. O consumo de cálcio é vital para manter seu nível estável no sangue, se não, o organismo consome o cálcio dos ossos, gerando osteoporose, por exemplo.

Alergia à proteína do leite é diferente de intolerância à lactose.

Verdade. A alergia é uma reação do sistema imunológico a determinados alimentos. O leite pode ser um deles e, nestes casos, seu consumo deve ser restringido.

Leite e derivados são essenciais para a dieta humana?

Verdade. O leite é considerado um alimento completo por conter proteínas, fósforo, potássio e zinco, ser a maior fonte de cálcio e importante fonte de vitaminas A, D, B2 e B12. O leite pode contribuir ainda para prevenção de doenças do coração, diabetes e controla nível de colesterol no sangue. A recomendação da Organização Mundial de Saúde é de três porções por dia de lácteos.

Leite fortalece os dentes.

Verdade. Por ser a principal fonte de cálcio, o leite contribui para formação dos dentes e auxilia na contenção de cáries e proteção das gengivas.

Leite pasteurizado ou em caixinha perde nutrientes.

Mito. Os diferentes tipos de tratamento térmico não reduzem o valor nutricional do leite no que se refere aos seus principais nutrientes: proteínas, cálcio e outros minerais. Quanto às vitaminas, não há perda significativa das vitaminas, exceto da vitamina C (ultrapasteurização), da ordem de 10% a 20%, o que não tem importante significado nutricional, uma vez que o leite não é considerado fonte primária dessa vitamina.

Mulheres grávidas devem evitar leite.

Mito. O leite é excelente fonte de cálcio e proteínas de alto valor biológico, benéficos para o feto em formação.

É necessário ferver o leite antes de tomar.

Mito. Tanto o leite pasteurizado, como o leite longa vida (UHT), não devem ser fervidos, pois já passaram por processos que eliminaram os microrganismos prejudiciais à saúde. Quanto ao leite cru, dado seu alto risco à saúde, não deve ser consumido. Sua comercialização para consumo direto é proibida no Brasil.