Pinhalzinho

24º

16º

Maravilha

24º

16º

São Miguel do Oeste

24º

16º

Chapecó

23º

15º

Desafios da Agropecuária brasileira em 2014

             O mundo está passando por um momento onde muitos desafios surgem diariamente no mercado, e na agropecuária isso não é diferente.  Como apresentado em edições anteriores, juntamente com o aumento populacional há um aumento na demanda por alimentos e o Brasil por sua evolução e eficiência na produção agropecuária dos últimos anos, é cotado como um grande celeiro do mundo.

             

              Atualmente, o Brasil é autossuficiente quanto à produção de alimentos, exportando o excedente para outros países. Porém, a meta brasileira é acompanhar o ritmo de crescimento populacional a fim de atender as demandas internas e grande parte do mercado externo, principalmente por ser um país com extensão territorial muito grande e com diversidade de solo e clima, o que proporciona o cultivo das mais diferentes espécies de plantas e animais. Porém é preciso observar que o foco não é apenas a produção de vegetais ou animais para a alimentação humana, o foco agropecuário brasileiro vai muito além, englobando os mais diversos setores e demandas.

 

              Quando se pensa na produção de alimentos é necessário conciliar a otimização e aumento da eficiência desde o agricultor familiar, o qual é o grande responsável pela produção de alimentos, até o médio e grande produtor. Para isso, programas de crédito, incentivos fiscais e produtivos devem ser ampliados pelo governo, além da melhoria das empresas de assistência técnica e extensão rural estaduais para que estas consigam ter melhor estrutura e serem mais atuantes, alcançando resultados mais eficientes em função da maior abrangência territorial. Além disso, outros temas prioritários para a agropecuária em 2014 é solucionar os conflitos envolvendo terras indígenas, questão sanitária, desburocratizar o processo de concessão de licenças ambientais para construção de armazéns e acompanhar as iniciativas do governo federal em relação à infraestrutura e logística.

 

              O desafio é muito mais complexo do que simplesmente alimentar a população mundial, é necessário atender todas as demandas vitais e sociais destas pessoas, produzindo de forma sustentável. Para isso é necessário aumentar a produtividade das áreas já existentes para as atividades agropecuárias, recuperar áreas degradadas, aumentar à acessibilidade a tecnologia e processos de conservação do solo e da água, atuar na melhoria da infraestrutura para o transporte e escoamento da produção nacional e trabalhar com ações de conscientização no sentido de reduzir o desperdício desde o momento do plantio até o momento em que este produto, seja ele alimentar ou material, chegue ao consumidor.

 

               E nessa última edição de 2013, em primeiro lugar agradecer à direção do jornal, pela confiança depositada no meu trabalho e em especial um agradecimento a você leitor, que é o motivo de nossa existência. Dessa forma, desejar a todos um Feliz e abençoado Natal e um Ano Novo de muitas realizações.

Abraços e Feliz 2014!!!