Pinhalzinho

26º

17º

Maravilha

24º

15º

São Miguel do Oeste

24º

15º

Chapecó

27º

17º

Criação de bezerras

   A fase inicial da vida de uma bezerra merece uma atenção toda especial. O animal que se encontrava protegido pela mãe terá que se adaptar rapidamente a um meio adverso e sujeito às intempéries, contaminações microbianas, diferentes condições alimentares e de manejo, além de manter as suas exigências orgânicas de forma a expressar o seu potencial máximo de desenvolvimento.

   Em sistemas de produção de bovinos leiteiros a criação de bezerras na fase compreendida do nascimento ao desaleitamento, exige práticas de manejo eficientes e muitos cuidados. O período neonatal (até 28 dias de idade) é a fase mais crítica representando cerca de 75% das perdas durante o primeiro ano de vida. Para evitar estas perdas os técnicos e produtores devem estar atentos à saúde e o crescimento dos bezerros antes, durante e no período imediatamente após o parto.

   Muitas vezes tratado como plano secundário no sistema de produção por não proporcionar retorno econômico direto e imediato, a importância do animal jovem está na capacidade de alcançar no menor espaço de tempo a sua fase produtiva. Neste sentido, todos os parâmetros relativos à criação, envolvendo manejo, cuidados sanitários, instalações e alimentação devem ser perseguidos de forma a que o animal possa crescer saudável.

   Cito um conjunto dos cinco “Cs” para manejo e criação de bezerras, que são: colostro, concentrado, conforto, cuidado com a limpeza e consistência. Esses pontos são listados como os mais importantes para promover ótima saúde e produtividade destes animais, independente do tamanho e tipo do sistema de produção.

   O fornecimento de quantidades suficientes de Colostro de boa qualidade para bezerras recém-nascidas e em horário adequado é um dos fatores para o sucesso, o fornecimento deve ser feito em quantidades que significam 5% do peso vivo do animal a cada refeição. O Concentrado deve ser fornecido logo na primeira semana de vida do animal e seu consumo deve ser visto como o objetivo principal durante a fase de aleitamento, além disso, o fornecimento de água de boa qualidade é crucial, não somente para manutenção da hidratação do animal como também para auxiliar no desenvolvimento ruminal. O Conforto começa no primeiro dia de vida da bezerra e continua durante toda a vida do animal. Bezerras mantidas em local seco, com abrigo adequado, boa ventilação, que recebe bom programa nutricional terão melhores desempenho. O esterco, o sangue e o resíduo de leite são ótimos meios para crescimento de bactérias, portanto é fundamental o Cuidado com a limpeza. E por fim, bezerras são animais que gostam de Consistência, portanto devemos evitar mudanças bruscas, minimizando o estresse e melhorando o desempenho animal.

   A criação do animal jovem é o passo inicial para o sucesso de uma exploração leiteira, devendo ser administrada com profissionalismo e entre tantas variáveis, a criação de bezerras é fator essencial para o equilíbrio da atividade, pois essas bezerras servirão futuramente na reposição ou renovação do plantel, garantindo dessa forma a sustentabilidade do sistema de produção.