Pinhalzinho

32º

22º

Maravilha

28º

22º

São Miguel do Oeste

28º

22º

Chapecó

29º

19º

Cooperativismo Catarinense

   O cooperativismo catarinense – estruturado no campo e na cidade – continua em ascensão e tem previsão de crescimento de 12% neste ano.

Força do cooperativismo catarinense:

As 253 cooperativas catarinenses reúnem 1.755.858 pessoas associadas e mantém 52.157 empregados. Faturam mais de R$ 23,3 bilhões de reais por ano e representam 11% do PIB catarinense.

Receita operacional bruta das cooperativas de SC em 2014:

R$ 23 bilhões e 301,3 milhões de reais. Crescimento em 2014: 15,91%. Projeção de crescimento para 2015: 12%.

Número de cooperados (associados) às cooperativas de SC:

1.755.858 pessoas. Consideradas as células familiares, mais da metade da população catarinense está vinculada ao cooperativismo. Crescimento em 2014: 8%. Projeção de crescimento para 2015: 10%.

Os 12 ramos do cooperativismo catarinense:

As cooperativas dos ramos agropecuário, saúde, crédito, consumo, infraestrutura e transporte registraram o movimento econômico mais expressivo. Os ramos de trabalho, produção, habitacional, mineral, especial e educacional, mesmo com menor expressão econômica, são instrumentos para a promoção de renda às pessoas físicas, que organizadas na forma de cooperativas prestam serviços especializados aos mais diversos segmentos da sociedade.

Participação da mulher no quadro social das cooperativas de SC:

37,20% ou 651.422 pessoas do sexo feminino. Crescimento em 2014: 11,86%. Projeção de crescimento para 2015: 10%. Até o fim de 2015, as mulheres representarão cerca de 40% do quadro de associados das cooperativas.

Participação de jovens até 25 anos no quadro social:

14,61% ou 255.400 jovens. Desempenho de 2014: aumento de 3,68%. Projeção para 2015: ampliar a presença dos jovens nas cooperativas de 14,61% para 18% do quadro social.

Empregados de cooperativas:

As 253 cooperativas catarinenses empregaram diretamente 52.157 pessoas em 2014. Crescimento em 2014: 5,56%. Projeção de crescimento para 2015: 6%.

Pagamento de tributos pelas cooperativas de SC:

Em 2014, as cooperativas catarinenses recolheram R$ 1 bilhão 449,5 milhões de reais em tributos, sendo R$ 1 bilhão e 2 milhões de reais de geração de impostos sobre a receita bruta e R$ 447,3 milhões de reais de geração de contribuições sobre a folha de pagamento de salários. Crescimento de 2014: 9,27%. Projeção para 2015: 10%.

Sobras das cooperativas antes das destinações legais:

R$ 1 bilhão 443,6 milhões de reais. Crescimento em 2014: 32,17%. Projeção para 2015: 15%.

Patrimônio Líquido das cooperativas catarinenses:

R$ 8 bilhões 138,5 milhões de reais. Crescimento em 2014: 20,04%. Projeção para 2015: 17%.