Pinhalzinho

28º

18º

Maravilha

27º

18º

São Miguel do Oeste

27º

18º

Chapecó

27º

17º

1970 - Volnei Detoni na construção do aeroporto de Pinhalzinho

Esse menininho na foto hoje está com 49 anos. Volnei Detoni na época morava com o pai Benito e toda família na Linha Boa Vista. Aquela localidade, Pinhalzinho e região estavam eufóricos com a construção do aeroporto e da BR 282 ao mesmo tempo. Volnei conta que sentiam até medo dos aviões que utilizaram o aeroporto, mas apesar de amedrontados, não perdiam nenhum pouso ou decolagem. “Foi uma revolução e nós acompanhamos toda construção do aeroporto. Era uma loucura, nunca tínhamos visto tantas máquinas e aquilo fazia um barulhão. Foi marcante demais e meu pai registrou esse momento meu”, recorda Volnei. O aeroporto da Linha Boa Vista foi construído pelo batalhão do Exército Brasileiro que desembarcava ali pessoas e materiais para a execução da obra da BR 282. Na época, Pinhalzinho abrigava um dos dois acampamentos que existiam no estado para a construção da rodovia federal que atravessa Santa Catarina. Com a saída do Exército na execução da obra, o aeroporto perdeu prioridade e ficou do jeito que está atualmente. Foi um momento único onde aconteceu um gigante passo para o progresso pinhalense e regional. Volnei Deboni passou sua infância acompanhando esse pedaço de história.