Pinhalzinho

26º

19º

Maravilha

24º

19º

São Miguel do Oeste

24º

19º

Chapecó

24º

18º

Serra Alta, Nova Erechim e Saudades tem novos médicos

A Sua Voz - Carine Arenhardt

17/08/2016

___________________________________________________________________________________________

Foto: Divulgação

O Programa Mais Médicos do governo federal contempla em agosto municípios catarinenses, com o envio de 37 novos profissionais. Os médicos começaram a chegar na segunda-feira (15), e entre os municípios beneficiados estão Saudades, Nova Erechim, e Serra Anta. No oeste do estado, também serão enviados profissionais para Água Doce e Xanxerê. O Mais Médicos já contabiliza 572 profissionais em Santa Catarina, beneficiando 217 cidades do estado.


Saudades recebeu dois médicos, Luiz Henrique Morreira Carmona e Rodrigo Fernandes de Castro, que começam o trabalho na segunda-feira (15), na unidade de saúde do centro e no bairro Lage de Pedra. Conforme o secretário de Saúde José Ricardo Ternus, o programa representa uma economia para o município, já que os salários são pagos pelo governo federal. Saudades já tinha outros dois profissionais atuantes, um enviado pelo programa Mais Médicos e outro pelo Provab.


Somente com profissionais enviados pelo Mais Médicos, Saudades economizou nos últimos quatro anos mais de R$ 1 milhão, com folha de pagamento de médicos. José Ricardo diz que os dois novos profissionais são brasileiros, mas se formaram no exterior. "Nós estava esperando estes profissionais desde o início do ano. A secretaria tinha três clínicos gerais, um ginecologista 20 horas, e um pediatra 30 horas. Com a vinda dos novos médicos, serão cinco clínicos gerais. Nos ajuda muito", afirma.


Nova Erechim recebeu uma médica, Cibele Pinheiro de Oliveira, brasileira, natural do Acre, formada na Bolívia. Conforme o secretário de saúde Claudio José Frozza, ela vai trabalhar na unidade de saúde quatro dias por semana. Com a vinda da nova médica, a Secretaria passa a ter dois clínicos gerais para atender a população. Claudio afirma que a profissional vem para beneficiar a todos os munícipes, possibilitando um atendimento mais ágil aos usuários.


Serra Alta também recebeu uma profissional, com formação em clínica geral, na Bolívia. Naiara Monteiro Pinto iniciou o trabalho na segunda-feira (15), na unidade de saúde. Conforme o secretário Rafael Marin, a vinda da nova profissional deve "desafogar" a demanda de atendimentos no município. Ele destaca que Serra Alta tinha apenas um clínico geral, que chagava a atender 50 pacientes por dia. O salário da profissional será custeado pelo governo federal, e o município oferece ainda auxílio moradia e alimentação.