Pinhalzinho

25º

11º

Maravilha

27º

11º

São Miguel do Oeste

27º

11º

Chapecó

25º

12º

Homem é condenado por latrocínio ocorrido em Nova Erechim

A Sua Voz - Carine Arenhardt

03/08/2016

___________________________________________________________________________________________

O Ministério Público do Estado de Santa Catarina propôs Ação Penal em desfavor de Sandro Castilhos (natural de Chapecó), que foi condenado em julho deste ano pelo Poder Judiciário, por tentativa de latrocínio, ocorrido em Nova Erechim. Atualmente ele recolhido no Presídio Regional de Chapecó.

 

O crime ocorreu no dia 30 de novembro de 2015, por volta das 22hs. Sandro estava dirigindo um veículo, e deixou três comparas, não identificados até o momento, munidos de armas de fogo e usando balaclavas, em frente à residência da vítima Vilmar Pedro Kist, localizada no centro de Nova Erechim. Os criminosos tinham o propósito de roubar pertences da vítima, mas acabaram sendo surpreendidos pela Polícia Militar, quando estavam no pátio da residência.

 

Conforme a polícia, eles estavam com evidente intenção de matar a vítima, como forma de assegurar a fuga e impunidade dos delitos. Os criminosos efetuaram inúmeros disparos com arma de fogo contra os policiais militares que tentaram impedir o crime, e conseguiram fugir do local. Logo em seguida Sandro foi preso pelos policiais nas proximidades. Ele ainda estava no interior do veículo, esperando para oferecer fuga aos comparsas.

 

O réu já tinha antecedentes criminais por prática de furto, e na época do crime residia em Chapecó. Ele foi considerado culpado pelo crime de latrocínio, condenado a pena de nove anos, e oito meses de reclusão, inicialmente em regime fechado, mais pagamento de multa. Sandro também cumprirá pena de mais dois meses de detenção, por ter resistido a prisão e entrado em luta corporal com policiais. 

 

Fonte: A Sua Voz