Pinhalzinho

27º

17º

Maravilha

24º

17º

São Miguel do Oeste

24º

17º

Chapecó

25º

17º

Família consegue desconto na compra de veículo

A Sua Voz - Carine Arenhardt

24/08/2016

___________________________________________________________________________________________

Foto: Divulgação

A prematuridade trouxe alguns desafios para Daniel Capeletti, morador de Pinhalzinho. Hoje, aos 16 anos de idade, ele se esforça para levar uma vida normal, mas precisa conviver com uma deficiência visual sem cura. Logo após o nascimento, Daniel precisou ficar na incubadora, por 45 dias, e a ventilação mecânica da máquina acabou causando o descolamento da retina, e por consequência a cegueira.


Lutador, e muito carismático, Daniel sempre surpreendeu a todos por sua persistência, e recentemente recebeu um presente merecido: um carro no nome. O veículo foi adquirido pelos pais, para facilitar o deslocamento do filho, e de toda família. Por ser portador de deficiência, Daniel tinha o direito à isenção de impostos, como o ICMS, na chamada "venda direta". Ele também terá a isenção do IPVA anual.


Conforme a mãe, Nilce, o veículo adquirido é um Ford KA+, o desconto foi equivalente a R$ 15.000,00. Na tabela o valor do carro era de R$ 56.000,00, mas com o desconto, a família comprou por R$ 41.000,00. Ela conta que já tinha buscado informações sobre o direito ao desconto, em uma revenda de carros da cidade, mas tinha desistido da ideia quando o vendedor afirmou que o processo seria muito burocrático.


Em 2015, ela e o esposo conversaram com um vendedor da Ford, em uma feira da cidade, o qual estimulou a compra de veículo com o desconto, direto da fábrica. Em fevereiro deste ano, os pais de Daniel, iniciaram o processo para solicitar o desconto, preenchendo formulários, e consulta para aquisição do laudo médico, que comprovaria a deficiência do filho. Em junho deste ano, o veículo foi retirado na concessionária, em Chapecó, já em nome do jovem Daniel Capeletti.


Nilce descreve o benefício como uma grande conquista para o filho, e para todas as demais pessoas que tem direito ao desconto. Daniel afirma que está muito feliz e satisfeito com o novo carro da família. "Às vezes a gente acha que não tem direito, ou que é difícil, mas esta é uma boa oportunidade, e quem tem direito precisa aproveitar", reforça.

 

Venda direta

A venda direta de veículos para portadores de necessidades especiais é um direito ainda desconhecido por muitos brasileiros, e o procedimento necessário para a compra também. De uma maneira simples, pode se dizer que estes grupos especiais tem o direito a isenção de impostos na hora de adquirir um carro novo, desde que este seja de fabricação nacional. Os governos federal e estadual abrem mão da carga tributária, e as fábricas repassam essa isenção para o comprador.


As vendas diretas também podem beneficiar, além deficientes físicos, portadores de doenças graves, como HIV, câncer, nanismo (menos de 1,5 metro de altura) e problemas cardíacos ou renais que provoquem limitações nos movimentos.