Pinhalzinho

24º

14º

Maravilha

24º

14º

São Miguel do Oeste

24º

14º

Chapecó

23º

13º

Espaço Maker tem inscrições abertas no SESI de Pinhalzinho

MB Comunicação

26/01/2018

___________________________________________________________________________________________

 

As atividades iniciam no dia 21 de março em Pinhalzinho e no dia 23 em Xanxerê. O período de inscrições segue até o dia 15 de março

  

Aprender fazendo, com a mão na massa. Esse é o conceito do Espaço de Educação Maker, presente nas unidades do SESI – entidade da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) – de Pinhalzinho e Xanxerê. O espaço é integrado, promovendo a exploração, construção, experimentação e aprendizado colaborativo e coletivo. Com pesquisas, experimentos e projetos 'mão na massa' surgem as soluções criativas e inovadoras para problemas sociais, concretizando o aprendizado.

As inscrições para o Espaço Maker estão abertas. Elas podem ser feitas direto na unidade do SESI de interesse do aluno, em Xanxerê ou Pinhalzinho. Não é necessário morar na mesma cidade do curso, mas é preciso apresentar comprovante de residência dos responsáveis e os documentos pessoais do interessado para fazer as inscrições. Não tem taxa de matrícula e o investimento é de R$ 150 mensais, sendo que dependentes de trabalhadores de indústria possuem desconto diferenciado.

Estão abertas 40 vagas por unidade, divididas em duas turmas, uma pela manhã e a outra a tarde. As atividades ocorrem uma vez por semana, totalizando quatro horas semanais. Informações adicionais podem ser obtidas por telefone nas unidades: (49) 3366-2709 em Pinhalzinho e (49) 3433-8668 em Xanxerê. As atividades iniciam no dia 21 de março em Pinhalzinho e no dia 23 em Xanxerê. O período de inscrições segue até o dia 15 de março.

CONCEITO

O Espaço de Educação Maker é voltado para crianças e jovens com idade entre 10 e 18 anos. As atividades ocorrem uma vez por semana no contraturno escolar e são nas áreas de comunicação e mídias, tecnologia e robótica, ciências e matemática. "É um projeto absolutamente inovador do ponto de vista tecnológico, com jornada praticamente 100% mão na massa e, o melhor, em áreas do conhecimento estratégicas para a indústria. Significa um suporte fundamental ao avanço tecnológico, de maneira lúdica, fortalecendo as capacidades cognitivas do participante dentro de um conceito de aprendizado inovador, com trabalho cooperativo, coletivo, compartilhado e integrado", reforça o diretor do SESI região Oeste, Claudemir José Bonatto.

A atividade utiliza tecnologias inovadoras como impressora 3D, Scan Cut, Arduino, Raspberry Pi, câmeras fotográficas profissionais, aparelhos de iluminação LED, microfones profissionais, Kit LEGO for education EV3 - robótica, furadeiras, lixadeiras, soldador, chaves diversas, aparelhos de eletrônica e circuitos, multímetros, sensores e muito mais. "É um ambiente tecnologicamente preparado, em que o participante vive um momento de integração e aprofundamento do conteúdo. Tudo isso contribui para ampliar as capacidades do aluno com dinâmicas práticas e processo de aprendizagem 'mão na massa', em que ele aprende fazendo e se divertindo", explica o diretor regional.